14/08/2022

Você sabe o que é biotina? Também conhecida como vitamina B7, ela é um nutriente essencial, que ajuda o corpo a converter os alimentos em energia, ao participar da metabolização de gorduras, carboidratos e proteínas ¹.

Mas quanta biotina eu preciso para manter minha saúde? Como obter esse nutriente? O que sua falta provoca no organismo? Neste artigo, vamos responder a essas e outras dúvidas. Vamos lá?

O que é biotina?

Com origem no termo grego "biotos", que significa "vida" ou "sustento", a biotina é uma vitamina solúvel em água envolvida em processos orgânicos fundamentais ao corpo humano, tais como:

  • síntese ou criação de ácidos graxos ² (o que pode influenciar os níveis de colesterol no corpo)
  • síntese de aminoácidos ² (composto que dá origem às proteínas, macromoléculas com diversas funções importantes para o organismo)
  • gliconeogênese, ou geração de glicose no organismo ²
  • regulação dos sinais enviados pelas células e da atividade dos genes ²
  • ainda auxilia a regular as funções imunológicas e inflamatórias ³.

A biotina está naturalmente presente em alguns alimentos e também disponível como suplemento dietético, como veremos mais adiante.

Há evidências de que ajuda a manter a pele, o cabelo, os olhos e o sistema nervoso saudáveis. É o que veremos a seguir, continue acompanhando!

Quais os benefícios da Biotina?

Agora que você já sabe o que é biotina e qual o seu papel no organismo, vamos conhecer um pouco mais sobre seus possíveis impactos na saúde?

Desenvolvimento fetal

A biotina é um nutriente crucial durante a gravidez, pois é importante para o crescimento embrionário 4.

Como baixos níveis de B7 são comuns durante a gravidez ³, uma mulher grávida pode precisar de mais biotina durante a gestação. Converse com seu médico sobre isso.

Pele e cabelos

É importante manter bons níveis de biotina no organismo, se você quer ter pele e cabelos saudáveis.

Isso porque a deficiência de B7 pode causar anormalidades dérmicas, devido ao metabolismo prejudicado de ácidos graxos, alterando o ciclo de crescimento do cabelo e as defesas da pele ³.

Sistema nervoso

A biotina ainda é um importante nutriente para sua saúde neurológica, pois ajuda no bom funcionamento dos nervos, músculos e também no desenvolvimento cognitivo. Por isso, é muito importante manter seus níveis adequados no organismo ³.

Doses recomendadas de biotina e como obter

Agora que você já sabe o que é biotina e conhece os benefícios desse nutriente para sua saúde, deve estar se perguntando: &ldquomas onde eu encontro biotina? Quanto preciso ingerir para manter bons níveis no organismo?

O nível de ingestão que se presume garantir a adequação nutricional de biotina depende da faixa etária. As quantidades médias diárias recomendadas, segundo a ANVISA, estão listadas abaixo em microgramas (mcg)10:

  • Do nascimento aos 6 meses de idade: 5 mcg
  • Bebês de 7 a 12 meses: 6 mcg
  • Crianças de 1-3 anos: 8 mcg
  • Crianças de 4 a 6 anos: 12 mcg
  • Crianças de 7 a 10 anos: 20 mcg
  • Adultos 19+ anos: 30 mcg
  • Adolescentes grávidas e mulheres: 30 mcg
  • Lactantes: 35 mcg.

Não há um Nível de Ingestão Superior Tolerável (UL) para biotina, devido à falta de relatórios mostrando efeitos negativos de doses muito altas 8.

Muitos alimentos contêm alguma biotina. Você pode obter as quantidades recomendadas de biotina comendo uma variedade de alimentos, incluindo os seguintes ¹:

  • carne, peixe, ovos e vísceras (como fígado)
  • sementes e nozes
  • certos vegetais (como batata doce, espinafre e brócolis).

ATENÇÃO: Alguns alimentos podem conter uma proteína chamada avidina, que se liga à biotina diminuindo sua absorção. Essa proteína está presente nos ovos crus, por exemplo. Por isso, atente-se ao consumo excessivo de maioneses caseiras, gemada etc 8.

Deficiência de ingestão

A maioria das pessoas consegue obter biotina suficiente dos alimentos. No entanto, certos grupos de pessoas são mais propensos à deficiência de biotina ¹, tais como:

  • pessoas com uma doença genética rara chamada &ldquodeficiência de biotinidase&rdquo
  • alcoólatras: o álcool pode bloquear a absorção de biotina e, ainda, o consumo excessivo de álcool geralmente está associado a uma ingestão alimentar inadequada
  • mulheres grávidas e amamentando.

Os níveis inadequados de biotina no organismo podem refletir em alterações de pele e cabelo, por exemplo.

Se você perceber alterações na estrutura ou qualidade dos fios de cabelo e da pele, ou faz parte dos grupos de risco, a procura por um médico é fundamental para avaliar se existe a necessidade da reposição de vitaminas e minerais.

Além disso, se você precisar de suplementação, opte por suplementos bem avaliados e marcas responsáveis.

Addera, por exemplo, vitamina D mais recomendada pelos médicos no país 9, possui em seu portifólio Addera + Cabelo & Unhas, um complexo vitamínico com vitamina D3, biotina e Zinco para auxiliar a saúde do seu cabelo, pele e unhas.

 

Referências bibliográficas: