14/08/2022

A vitamina K2 é um importante nutriente, que participa dos mecanismos de coagulação sanguínea e deposição de cálcio nos ossos.

Você sabe o que é vitamina K2? A maioria das pessoas nunca ouviu falar desse nutriente, apesar de seu papel essencial em muitos aspectos da saúde humana.

Neste artigo, vamos contar tudo sobre a K2: o que é, para que serve, benefícios, como obter, entre outros detalhes. Vamos lá?

O que é vitamina K2?

Para saber o que é vitamina K2, antes precisamos falar sobre a vitamina K, que foi descoberta em 1929, como um nutriente essencial para a coagulação do sangue.

Descrita pela primeira vez em uma revista científica alemã, a vitamina K recebeu a denominação de &ldquoKoagulationsvitamin&rdquo - daí vem o &ldquoK&rdquo do seu nome ¹.

Existem duas formas principais de vitamina K:

  • Vitamina K1 (filoquinona): encontrada em vegetais folhosos e algas
  • Vitamina K2 (menaquinona): obtida pela fermentação microbiana (inclusive nossa flora intestinal é capaz de sintetizar) e encontrada em alimentos de origem animal e alimentos fermentados ².

A vitamina K2 ainda pode ser dividida em vários subtipos diferentes, sendo os mais importantes o MK-4 e o MK-7.

Qual a diferença da vitamina K2 para a K1?

Ok, agora você já sabe o que é vitamina K2, e que ela é um dos tipos da vitamina K. Mas, afinal, o que faz ela ser diferente da K1?

A filoquinona, ou vitamina K1, desempenha um importante papel no sistema circulatório. Sem ela, o fígado não consegue sintetizar as moléculas que asseguram a coagulação sanguínea 3 e 4.

Já a menaquinona, ou vitamina K2, além de também atuar na coagulação, auxilia o metabolismo do cálcio no organismo, atuando de duas maneiras 3 e 4:

  • na ativação da proteína MGP, envolvida na eliminação do cálcio nas artérias
  • na fixação do cálcio na osteocalcina, proteína que permite solidificar a estrutura dos ossos.

Além disso, a estrutura química da vitamina K2 permite que ela fique por mais tempo no sangue do que a vitamina K1, conferindo-lhe efeitos mais duradouros ³.

3 importantes benefícios da vitamina K2 para sua saúde

Além de saber o que é vitamina K2, é importante você entender os impactos desse nutriente em sua saúde, já que isso é o mais importante, não é mesmo?

Aqui, vamos apresentar algumas evidências, baseadas em estudos científicos, que demonstram alguns possíveis (porque ainda estão em estudo) benefícios da vitamina K2. Vamos lá?

1 - A vitamina K2 pode ajudar na saúde do coração e vasos sanguíneos

Evidências apontam que a vitamina K pode ajudar a evitar o acúmulo de cálcio nas artérias, condição que é um fator de risco para problemas cardíacos 5.

Como exemplos, temos esses dois estudos que demonstram o papel da K2 contra a calcificação arterial:

  • Neste, foi evidenciado menor risco de calcificação (52% menor) em pessoas com maior ingestão de vitamina K2 6
  • Neste outro, descobriu-se um risco muito menor de doenças cardíacas entre as mulheres com maior ingestão de vitamina K2 (para cada 10 mcg diária de K2, o risco diminuía m 9%) 7.

 

2 - Pode ajudar a melhorar a saúde óssea

Sabe-se que a vitamina K2 auxilia a regular a deposição de cálcio no organismo, sendo importante, portanto, para a calcificação óssea normal 8.

Há evidências de que a K2 ajuda a diminuir a perda da densidade mineral óssea, condição que pode deixar os ossos menos resistentes e mais suscetíveis a fraturas 9 e 10.

Leia também: Vitamina D para os ossos: conheça todos os benefícios.

3 - A k2 também pode ser importante para dentes fortes

Como a K2 desempenha um papel importante no metabolismo do cálcio, e, como seus dentes também precisam desse mineral, pesquisadores presumem que essa vitamina também possa afetar a saúde dentária.

Isso porque a osteocalcina, proteína fundamental para a construção de ossos e dentes saudáveis (ajuda inclusive a renovar o esmalte dos dentes), é ativada pela vitamina K2 11.

Como obter a vitamina K2 de que você precisa?

Depois de saber o que vitamina K2 e conhecer tudo o que ela pode fazer por sua saúde, deve estar curiosa sobre como obter esse nutriente, não é mesmo?

A vitamina K encontrada na maioria das fontes alimentares é a K1. A vitamina K2 está presente apenas em certos alimentos de origem animal, principalmente fígado, mas também em produtos lácteos ricos em gordura e fermentados à base de soja 12.

A vitamina K2 também é produzida pelas bactérias do intestino grosso. Algumas evidências sugerem que o uso de antibióticos contribui para a sua deficiência 12.

Além disso, se você não tem acesso a essas fontes, tomar suplementos pode ser uma alternativa válida. Converse com seu médico sobre essa possibilidade.

Se você precisar de suplementação, é importante buscar orientação médica e optar por suplementos bem avaliados e marcas responsáveis.

Addera, por exemplo, vitamina D mais recomendada pelos médicos no país 13, também possui também possui Addera Cal, um complexo rico em K2 e D3 para auxiliar seu organismo.

 

Referências bibliográficas: