14/08/2022

Os benefícios da vitamina D para a nossa saúde sempre foram objeto de estudo de médicos e cientistas. Não faltam pesquisas e artigos científicos que mostram como esse pré-hormônio tem funções regulatórias vitais no organismo e auxilia na manutenção de alguns sistemas e no funcionamento de outros.

Mas, afinal, por que a vitamina D é importante? Segundo a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), seu principal benefício é a manutenção da massa óssea1 e, além disso, também são conhecidos seus efeitos positivos no funcionamento dos sistemas imunológico e muscular.

Há indícios, porém, de que sua atuação pode ser ainda mais abrangente, uma vez que a deficiência de vitamina D pode estar relacionada com o desenvolvimento de doenças autoimunes e até mesmo com a queda de cabelo. Logo, o nutriente teria potencial também para afetar a prevalência dessas e outras condições.

Como deu para perceber, alguns desses benefícios já foram comprovados pela ciência, enquanto outros ainda são objeto de estudo. Neste guia especial, você conhecerá mais detalhes sobre cada um deles.

OsprincipaisbenefíciosdavitaminaD para asaúde

Com a quantidade suficiente de vitamina D circulando no corpo, seus principais benefícios comprovados são:

Absorção de cálcio e fósforo

O cálcio é o mineral que existe em maior quantidade no corpo humano, seguido pelo fósforo. Como a vitamina D atua diretamente para regular o metabolismo desses dois macrominerais, você já pode imaginar sua importância para o funcionamento de todas as engrenagens do nosso organismo.

Para se ter uma ideia, sem vitamina D apenas 5 - 10% do cálcio da dieta e 60% do fósforo são absorvidos pelo organismo2. E, como veremos nos próximos tópicos, são esses minerais que, literalmente, nos mantêm de pé.

Formação de ossos e dentes

A combinação entre cálcio e fósforo tem uma função essencial na formação dos tecidos duros do corpo. Apesar de serem facilmente obtidos por meio de uma alimentação saudável, vimos acima que sua absorção não será eficiente se não houver vitamina D suficiente em nosso organismo.

É por isso que sempre ouvimos que a vitamina D auxilia na formação de ossos e dentes. Ao garantir níveis elevados desse pré-hormônio no sangue, você estará estimulando o funcionamento das suas células ósseas.

Funcionamento do sistema muscular

O cálcio exerce ainda um papel importante no funcionamento de todos os músculos do corpo. Por essa razão, a vitamina D ajuda no processo de força muscular e até mesmo no equilíbrio.

E quando dizemos todos os músculos isso também inclui o coração, onde a vitamina D influencia no controle das contrações do músculo cardíaco e, consequentemente, no bombeamento de sangue para o corpo.

Funcionamento do sistema imune

Estudos também identificaram benefícios da vitamina D no sistema imunológico3, uma vez que as células que fazem parte dele, como os linfócitos, têm receptores para esse nutriente. De acordo com os cientistas, são duas as formas de atuação:

  • Na imunidade inata, ajudando na proliferação de células de defesa e na produção de substâncias antimicrobianas
  • Na imunidade adquirida, controlando a liberação de substâncias inflamatórias e a produção de anticorpos contra si mesmo.

Outros possíveis benefícios da vitamina D para a saúde

Enquanto os benefícios descritos acima já foram comprovados cientificamente, existem outros cujos estudos estão em fases iniciais ou em que a relação causa-efeito ainda não foi totalmente estabelecida. Os mais promissores são relacionados a condições como:

Diabetes

A vitamina D atua na manutenção da saúde do pâncreas, que é o órgão responsável pela secreção da insulina. Algumas pesquisas apontam que a deficiência do nutriente tem reflexos diretos na produção do hormônio4 que regula os níveis de glicose no sangue e pode provocar a intolerância.

Queda de cabelo

Diversos estudos já foram realizados em todo mundo5 para comprovar a relação entre a vitamina D e o surgimento de diferentes doenças capilares. Os cientistas acreditam que o nutriente tem uma função importante tanto na estruturação quanto no crescimento dos fios por agir sobre o chamado folículo piloso, que é a cavidade de onde nossos pelos saem.

Inflamação

A hipovitaminose D, nome dado à deficiência desse nutriente essencial em nosso organismo, também pode estar relacionada com doenças como lúpus, psoríase e artrite reumatoide. Manter níveis adequados devitamina D poderia ajudar no combate a essas doenças por reduzir a produção de substâncias inflamatórias em nosso organismo6.

Doenças autoimunes

A importância dos níveis de vitamina D no tratamento de doenças imunes7 também vem sendo estudada ainda de forma experimental. Muitos especialistas acreditam que a presença do nutriente pode inibir a reação do organismo de atacar a si mesmo.

Câncer

Embora não confirmados, estudos iniciais indicam que deficiência de vitamina D poderia ser um fator de risco no desenvolvimento de alguns tipos de câncer8, como o de mama, colorretal, melanoma, de ovário e de próstata. A explicação estaria relacionada com o fato de o nutriente atuar no processo de diferenciação celular, evitando o aparecimento de células cancerosas.

Como obter a vitamina D e seus benefícios?

Para aproveitar os benefícios da vitamina D no organismo, você pode obtê-las de três formas diferentes. São elas:

  • Exposição solar
  • Alimentação
  • Suplementação

As estimativas indicam que de 80% a 90% da vitamina D que circula no corpo humano é produzida na própria pele por meio da incidência dos raios solares9. Por isso, a melhor opção é ir direto na fonte obter vitamina D do sol, mas sempre tomando os devidos cuidados com a exposição excessiva.

Porém, o estilo de vida moderno faz com que passemos cada vez mais tempo em ambientes fechados e acabamos não conseguindo aproveitar o sol para produzir vitamina D de forma natural. Por isso, outra opção seria seguir uma dieta rica em alimentos com esse nutriente.

O problema é que as fontes alimentares de vitamina D são escassas e a maioria delas não fornece o suficiente para chegar na recomendação diária apenas pela ingestão alimentar. Por isso, o uso de suplementos se mostra uma alternativa interessante para atingirmos os níveis adequados do nutriente em nosso organismo.

Se você ficou interessado na suplementação após saber mais sobre a vitamina D e seus benefícios, temos uma sugestão para você. Visite agora o site Addera para conhecer o suplemento alimentar de vitamina D3 mais recomendado pelos médicos.

Seja em comprimidos, cápsulas ou gotas, Addera é a vitamina D número 1 do Brasil. Aproveite também para conhecer os novos produtos da linha Addera + e continue ligado nos conteúdos do nosso blog para saber tudo sobre vitamina D.

 

Referências bibliográficas: