14/08/2022

Avitamina D na gravidezé importante por vários aspectos que dizem respeito tanto à saúde da mãe quanto do bebe.

Na mulher, pesquisas apontam que essa vitamina pode ajudar amanter a saúde em dia duranteagravidez. Na criança, é importante para um desenvolvimento saudável.

Neste artigo, vamos falar sobre todos os aspectos que tornam a vitamina D um nutriente tão importante durante a gestação.

Vamos lá?

Vitamina D na gravidez: importância para a saúde da gestante

De acordo com umarevisão Cochrane, envolvendo 30 estudos, com um total de 7033 mulheres, os prováveis efeitos davitamina D na gravidez, no que diz respeito principalmente à saúde da gestante,onde baixos níveis podemestar relacionadosaproblemas como ¹:

  • risco de pré-eclâmpsia
  • diabetes gestacional
  • risco de hemorragia pós-parto grave.

Fora isso, a vitamina D é importante para diversos aspectos da saúde em geral, que também devem ser preservados durante a gravidez, tais como ²:

  • Éessencial para a absorção de cálcio e fósforo no intestino, minerais fundamentais para o sistema musculoesquelético
  • Contribui para ocrescimento e remodelação ósseanormais
  • Auxilianosmecanismosde força muscular e equilíbrio
  • Auxilia naproliferação de células de defesae de substâncias antimicrobianas
  • Pode ajudar acontrolar a liberação exagerada de substâncias inflamatórias
  • Participa dosprocessos de proliferação e diferenciação celular.

Vitamina D na gravidez: importância para a saúde do bebê

A manutenção de níveis adequados de vitamina D, e a prevenção da hipovitaminose D, deve ter início ainda na gestação, durante os cuidados pré-natais, estendendo-se ao nascimento e durante a infância3.

A vitamina D temé muito importantena mineralização óssea e manutenção equilibrada das taxas de cálcio no organismo ¹.

Portanto, a principal importância davitamina D na gestação, no que diz respeito à saúde do bebê, é que ela ajuda seu filho a construir ossos fortes.

Esse é um nutriente importante também porque pode ajudar a prevenir o raquitismo, condição de amolecimento dos ossos que pode ocorrer em crianças em crescimento ³.

Além disso, de acordo com o documentoRecomendações da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) para o diagnóstico e tratamento da hipovitaminose D, a deficiência de vitamina D na gestante foi associada a problemas como4:

  • baixo peso do recém-nascido
  • baixa massa óssea mais tarde na vida
  • e marcadores de risco cardiovascular nas crianças quando em idade escolar.

 

Como obter vitamina D na gravidez?

Agora que você já conhece a importância davitamina D na gravidez, vamos entender como obter esse nutriente durante a gestação?

A principal fonte de vitamina D é a exposição à luz solar. Isso porque nosso corpo é capaz de sintetizar este nutriente através da ação dos raios solares na pele4.

Porém, grávidas geralmente são incentivadas a redobrar os cuidados com o sol, poiso aumento dos hormônios no período da gestação estimulaa produção de melanina, podendo provocar manchas na pele conhecidas comomelasmas5.

Por esse fato, além de ter em vista que as fontes alimentares de vitamina D também são escassas, gestantes configuram-se como um grupo de risco para a hipovitaminose D,podendo ser necessária a suplementação4.

Além disso, de acordo com odocumento da Sociedade Brasileira de Pediatria(SBP), a suplementação é recomendada durante a gravidez como forma deevitara hipovitaminose D na criança ³.

A dose de suplementação varia de acordo com a idade da gestante e da presença ou não de fatores de risco associados à hipovitaminose, podendo variar entre 600-2000 UI/dia ³.

Ainda segundo o documento da SBP, o objetivo da suplementação devitamina D para grávidasé &ldquoassegurar que quantidade suficiente desse nutriente cruze a placenta e forneça suprimento adequado para o feto, principalmente no 3º trimestre gestacional&rdquo ³.

Porém, se você está grávida,converse com o médico que o acompanha antes de iniciar qualquer suplementaçãopara que ele a oriente.

Além disso, também é fundamental optar por suplementos bem avaliados e marcas responsáveis.Addera, por exemplo, é a vitamina D número 1 do Brasil6, sendo a mais recomendada pelos médicos no país7.

 

Referências bibliográficas: